Mauro Zukerman tem falando bastante aqui no blog sobre as grandes vantagens de comprar um imóvel por leilão. Obviamente, a maior delas é o preço, afinal, poucas são as oportunidades de conquistar um grande bem, como um imóvel, por valor menor do que o praticado no mercado.

No entanto, muitas pessoas entram em um leilão sem algumas informações básicas, e costumam achar que o valor final de arremate do lote é o valor final a ser pago na aquisição. Mas há taxas na transação, e é preciso estar atento a elas.

Pensando nisso, Mauro Zukerman separou alguns fatos financeiros que merecem atenção ao comprar um imóvel em leilão. São eles:

1) O imóvel de leilão pode ser pago à vista, onde se sente melhor a vantagem do preço menor praticado, mas já é possível também financiá-lo. A dica é tentar encontrar a melhor taxa de juros.

2) A taxa mais comum nessa transação é a comissão do leiloeiro (5% do valor pelo qual o bem foi arrematado).

3) Valores relativos à documentação e transferência também são de responsabilidade do comprador, como em qualquer aquisição de imóvel.

4) Caso o imóvel esteja habitado, vale negociar uma saída pacífica com os moradores atuais. Se isso não for possível, pode ser necessária uma ação judicial com honorários advocatícios.

Ainda assim, as vantagens desse tipo de comercialização geralmente superam as das relações de compra e venda tradicionais. Afinal, muitas vezes, a economia chega em torno de 60%. Mauro Zukerman separou, também, dicas para economizar comprando em leilões online. Não deixe de conferir!